Icon
Clear Icon
Search Icon
Clear Icon
Search Icon
Clear Icon
Logo Icon
  • Bicicletas
  • Equipamentos
  • Componentes
  • Vestuários
  • A Specialized
  • Suporte
  • Logo Icon
    A Specialized
    Arrow Back Icon

    A Espera Acabou

    Não importa o quanto nós amamos nossa Epic FSR, é inegável que hardtails sempre desempenham um papel extremamente importante nas corridas de XC. É por isso que colocamos nossas ofertas de XC na dieta, voltamos para a prancheta e criamos a bicicleta de mountain bike mais leve que já fizemos - A S-Works Epic Hardtail.

    A Solução

    Carbono 12m, Quadros Rider-First Engineered™ & Geometria Moderna

    Começando com a nossa tecnologia de quadros Rider-First Engineered ™, cada tamanho da Epic Hardtail é especificamente adaptado a medida - cada layup de carbono e tubo são exclusivamente selecionados com base em centenas de horas de dados de pedalada coletados. O que isso significa para você? Ele não só cria o equilíbrio ótimo de rigidez, peso e capacidade de resposta em todos os tamanhos de quadro, mas nos levou à descoberta de como economizar peso através do estudo do layup.Através de extensos estudos de layup, descobrimos que, controlando ainda mais a construção e layup, poderíamos reduzir drasticamente o peso, mantendo as características de pedalada que você esperaria de uma bike de XC de alto nível. Com esta descoberta, cada quadro agora apresenta cortes de carbono complexos que permitem que junções difíceis sejam cobertas com menos sobreposição. E enquanto isto complica o quebra-cabeça do quadro de carbono adicionando mais partes à mistura, permite que nós projetemos e os coloquemos mais inteligentemente. O resultado disso é uma estrutura mais leve, junções mais fortes e um aumento drástico na rigidez.

    Em seguida, tomamos as economias de peso um passo adiante, usando o carbono militar japonês de grau balístico, que agora chamamos de 12m, para criar a mountain bike mais leve que já fizemos. Quanto mais leve um quadro, você pergunta? Menos de 900 gramas para um quadro de tamanho grande - o mesmo peso que uma garrafa de água Purist 24 oz cheia.

    Em 1990, transformamos o mundo do mountain bike de cabeça para baixo, lançando a Epic Ultimate - uma bike tão na frente de seu tempo, o processo de desenvolvimento e custo limitou o número de bikes para meros 100 por ano. O processo era tão avançado que nós tivemos que fabricá-la em nossa sede, aqui em Morgan Hill. Mas quando combinamos isso com o atletismo de Ned Overend, o resultado era quase imediato. Em outras palavras, ninguém ficou surpreso quando a combinação resultou na vitória do Primeiro Campeonato Mundial de Moutain Bike. Hoje a nova S-Works Epic representa as mesmas coisas que ela representou há 27 anos - ser o topo da performance no XC. Sem desculpas.

    O Conceito

    Uma Nova Geração de XC

    Durante a última década, corridas de cross country evoluiram para um animal completamente diferente - os trechos são mais turbulentos, mais técnicos e, em geral, eles são inerentemente diferentes. Devido a isso, percebemos que a melhor bike para o trabalho precisa não só ser leve e rígida, mas também capaz de descer e escalar com igual proeza.Determinar a melhor geometria era o mais fácil dos dois, nós pegamos nosso gene atual de XC e adicionamos um DNA de fuga à mistura. Isso equivale a um tubo superior mais longo, um headtube encurtado, e uma parte dianteira mais solta, o resultado é um tremendo aumento na estabilidade no downhill, além de uma gama de fit mais ampla. E muito mais importante, este não requer nenhum sacrifício da proficiência nas subidas. O aspecto do peso foi mais complicado, embora. Fomos colocados com a pergunta: "Como você tirar o peso de algo que já é tão leve?" Mas a resposta foi relativamente óbvia: você pega os melhores engenheiros de mountain bike juntos em um quarto e deixa a magia sair.

    A Descoberta

    Ineficiências de Layup

    Até agora, haviam duas maneiras de criar um quadro: use menos do mesmo grau de carbono ou use menos de um carbono de grau mais alto. Opção um nunca é uma solução viável, pois sacrifica rigidez e resistência, dois atributos que não devem ser adulterados. E enquanto nós acabamos usando a opção dois, não estávamos satisfeitos com a quantidade de peso que poderíamos cortar usando apenas um grau diferente de carbono. Então, como cortar mais peso? Bem, nós começamos a olhar para os nossos layups de carbono para ver se eles poderiam ser melhorados, o que iluminaram para uma nova descoberta - ineficiências de layup.