Icon
Clear Icon
Search Icon
Clear Icon
Search Icon
Clear Icon
Logo Icon
  • Bicicletas
  • Equipamentos
  • Componentes
  • Vestuários
  • A Specialized
  • Suporte
  • Logo Icon
    A Specialized
    Arrow Back Icon

    Inovar Ou Morrer

    Diverge

    ""É como ser uma criança em uma caixa de areia com todas essas ferramentas à sua disposição. Você pode criar qualquer coisa que sonhar e, em seguida, pode inventar coisas ainda mais loucas depois de ver o que é possível. ”"

    Stewart Thompson – Líder de Produto ESTRADA e GRAVEL

    A "caixa de areia" de que Stewart está falando é nosso laboratório de Pesquisa e Desenvolvimento na sede da Specialized em Morgan Hill. É um playground para equipes de produtos obcecadas e engenheiros determinados - instalações de ponta de CNC, impressão 3D, digitalização por tomografia computadorizada, oficina de compósitos com serviço completo e laboratório de suspensão - capazes de fazer de tudo, desde uma simples solda até quadros de carbono de ponta. É aqui que o Inovar ou Morrer realmente vive e respira. Nenhum projeto é um exemplo melhor disso do que a nova Diverge.

    “As bicicletas de gravel nos dão a oportunidade de sermos ainda mais criativos. Não faríamos grandes alterações na geometria da Tarmac, já é tão boa. Mas no gravel fomos mais agressivos e realmente quizemos ir mais longe ”, diz Stewart.

    Grande parte desse desejo de ultrapassar os limites da geometria do gravel veio de membros da equipe de Estrada que possuíam extensa experiência com bicicletas de montanha. Eles haviam visto a progressão da geometria da Epic e sabiam o quanto ela elevava o pedal - quanta confiança, velocidade e controle criavam em trilhas difíceis. Eles queriam o mesmo para os ciclistas de gravel.

    Nosso time de produtos de Estrada não é conhecido por sua paciência; por isso, o processo usual - de criar um arquivo CAD com geometria de teste, ter um quadro de alumínio prototipado em uma de nossas fábricas e enviá-lo para a Califórnia para testá-lo - não era bom o suficiente. Eles queriam reduzir esse cronograma, geralmente um processo de um mês, para apenas alguns dias, e queriam fazer isso com carbono de alta qualidade.

    "Uma bicicleta de teste de alumínio pesa mais que uma S-Works, não tem bem a mesma qualidade de pedalada porque é mais pesada e você não tem certeza se a nova geometria é eficiente e divertida. O que é realmente importante é uma comparação lado a lado de algo que você realmente conhece. Foi então que decidimos que tínhamos que fabricá-las em carbono ”, lembra Stewart.

    A equipe alistou Chris D´Aluisio e Brenton Haven do grupo de engenharia para tornar a geometria que eles imaginaram uma realidade em carbono. Usando CAD e quadros doados de Diverge anteriores, vários protótipos pilotáveis da nova geometria foram construídos. Graças ao nosso laboratório de Pesquisa e Desenvolvimento, todo o trabalho de carbono é feito internamente e o resultado final é um quadro de teste de carbono mais leve, mais rápido e que é uma representação mais precisa do desempenho da bicicleta final. Mas é mais do que apenas uma bicicleta melhor.

    “No decorrer de um projeto, economiza meses. No decorrer de uma única iteração, ele salva semanas de cada vez. Ficamos super impacientes quando temos uma nova ideia e só queremos experimentá-la. Pilotei algo ontem, tive uma ideia nova e quero experimentá-la neste fim de semana. Nós temos essa capacidade. É incrível ter uma ideia em uma semana, montá-la, pilotá-la e conversar sobre ela na próxima semana ”, diz Stewart.

    Além das ferramentas e do hardware, é a estreita relação entre as equipes de produto e os engenheiros que realmente torna possível esse tipo de desenvolvimento de bicicleta. A equipe de produto apresenta aos engenheiros um desafio e eles criam uma solução, que depois inspira a equipe de produto a sonhar com novas ideias e criar novos desafios. É um ciclo de feedback que impulsiona o nosso espírito Inovar ou Morrer.

    O time de engenharia estava à altura do desafio, criando outro protótipo de teste com espaço para pneus de 47 mm e a geometria exata que time queria. A solução? Um feixe sólido de carbono na rabeira traseira entre o pneu e os anéis da corrente.

    Ok, talvez não tenha sido tão fácil assim, como lembra Chris D'Aluisio: “Isso foi difícil e feito como uma espécie de desafio e uma ferramenta para o grupo. Não apenas para testar a geometria da Diverge, mas também mostrou que com esforço todos podiam testar sua ideia de geometria perfeita e não ter que se satisfazer com apenas um protótipo de teste. Este foi o primeiro deles. ”

    Na verdade, esses quadros de desenvolvimento da Diverge reinventaram a maneira como a Specialized desenvolve a geometria de suas bikes. A equipe agora usou esse processo pioneiro da Diverge para pelo menos meia dúzia de projetos, e não apenas para testar a geometria.

    Por que a equipe se impõe todo esse trabalho? Por que a Specialized investe tanto nas ferramentas para tornar tudo possível? É bem simples, na verdade.