This website uses cookies. By continuing to use this website you are giving consent to cookies being used. For information on cookies and how you can disable them visit our Privacy Policy.

HUNTER E A LEVO

Segue o Matt Hunter na aventura onde experimentou novos ritmos com a Turbo Levo FSR em Finale Ligure, Itália.

Ficámos curiosos sobre qual a reação que os ciclistas de Trail iam ter com a nova Turbo Levo FSR, e pensámos que a melhor pessoa para testar essa reação seria o Matt Hunter. E perguntámos-lhe. E tal como esperávamos, ele transmitiu-nos um sentimento ao qual já nos vamos habituando quando se trata de bicicletas com assistência elétrica, disse: “Para ser honesto, no fundo, acho que vou destestar”.

Mas enviámos-lhe na mesma a bicicleta.

Não estávamos à espera de nenhuma reação efusiva nem de nenhuma comemoração, queríamos apenas uma impressão honesta. Queríamos também uma oportunidade de fazer um filme com ele a pedalar na Levo e aproveitar a agenda que tínhamos em Itália. Não demorou muito tempo até ouvirmos a impressão do Matt. “Foi realmente muito divertido, porque na realidade estive sempre a pedalar. Foi como se me sentisse mais forte – quase sobre-humano.”

“Assim que comecei a pedalar nesta bicicleta lembrei-me de imediato de todos os meus amigos que adoram descidas, adoram Trail e gostam de percorrer os trilhos mais técnicos daqui, mas que detestam pedalar a subir. Eles são excelentes pilotos, mas por alguma razão, não alinham em cenas de XC. E eu ia pensando, ‘Ei man, este ia adorar, e este também, e aquele vai passar-se, e o outro.’ Aproveitei para ir a pedalar até à casa de algumas pessoas e quando chegava só pensava ‘Vais ficar completamente obcecado com esta bike.”

Talvez fosse por causa da viagem grátis a Finale Ligure, em Itália, ou talvez fosse pela surpresa que a bicicleta que causou, mas seja como for, o Matt conheceu um novo território e uma nova forma de percorrer os seus trilhos favoritos, desta vez com a força da Turbo Levo. Esta é uma época em que o frio faz uma pausa em British Colombia e os ciclistas aproveitam para fazer saídas curtas pelos trilhos, e Matt encontrou uma energia renovada para sair a pedalar, e nós garantimos que as baterias estavam no máximo.

In the mountain bike world, they're looked down upon as [sic] cheating, and that may be true depending on how you choose to look at it. But with a different perspective, it's also a really fun bike to ride and you can go farther than you could before.

— Matt Hunter

“A minha reação inicial foi: ���Claro, quero testar essa bicicleta porque pode ser interessante.’ Mas ao mesmo tempo também não quero envolver-me em algo que não conheço, e há algumas coisas no ciclismo que considero fulcrais, e uma delas é a capacidade física para subir. Dito isto, também admito que eu e os meus amigos subimos montes de vezes nos teleféricos e nas cadeiras para tornar a subida mais fácil, e na realidade nem pedalamos. No fundo penso que a Levo encaixa-se algures no meio, percebes?”

Os dias foram passados nos trilhos e o preconceito de Matt foi-se desvanecendo. “No mundo do ciclismo de montanha, vai haver quem pense que estamos a fazer batota, o que até pode ser verdade dependendo de como se vê a coisa. Mas numa perspetiva absoluta, é mesmo muito divertido andar nesta bicicleta e podemos ir muito mais longe do que alguma vez fomos.”

Somos ciclistas de montanha, e sabemos que há muitas noções preconceituosas, por isso concebemos a Turbo Levo para ultrapassá-las. E o resultado final é simples e concreto – a Turbo Levo dá-te o poder de percorrer mais trilhos.

“Esta bicicleta dá-nos muitas das mesmas sensações que temos numa volta normal, com a exceção de sentirmos muito maior facilidade nas subidas… O peso está muito bem distribu��do, e a suspensão na minha bicicleta estava soberba. O peso flui muito bem nos trilhos e nos saltos, e não se sente qualquer vibração, isto porque há mais massa do que numa ‘bicicleta normal.’ Quero dizer, fizemos secções bem técnicas de downhill, e a bicicleta passou por tudo na boa.”

Tens que experimentá-la. É muito divertida de conduzir.

Depois da viagem, pedimos algumas palavras sobre a experiência. “É mesmo preciso experimentá-la. Quero dizer, ultrapassado o estigma inicial, todos vão sentir como é divertido andar nela. E, até agora quando alguém me dizia que não tinha trilhos bons para pedalar na zona onde mora, eu costumava dizer ‘Então tens de mudar-te.’ Mas gora vou passar a dizer ‘Arranja uma Turbo Levo e deixarás de ter esse problema, qualquer trilho se transforma em máxima diversão!”

Isto é a Turbo Levo

View more on youtube