Se você quer ir rápido, para qualquer lugar, esta é a bike. Esta é a bike que foi feita para tudo desde um Grand Tour até o fondo na sua cidade, e com um design novo que foi feito do zero, uma bela dose de aerodinâmica, e é claro, freios a disco, nossa “bike de corrida mais completa” está ainda mais completa.

Uma bike que coloca você em primeiro lugar

Rider-First Engineered™

Sete tamanhos diferentes, e a mesma pedalada em todos eles. A única maneira de fazer isso é tratar cada folha de carbono com os mínimos detalhes, de forma obsessiva. Este não é o tipo de trabalho glamouroso que lhe coloca nas capas de revistas. Não mesmo. Este trabalho se trata de cientistas olhando para a grossura e formato de cada folha, discutindo fervorosamente sobre objetivos de rigidez como se tivéssemos nossa própria ONU, mas você jamais perceberia isso se estivesse pedalando uma Tarmac. Você apenas sente que está pedalando a bike perfeita.

Ninguém Mais Faria Isto

Nós literalmente examinamos cada folha de carbono em cada quadro que fazemos para nos certificar de que nossos objetivos de desempenho sejam atingidos no produto final. O processo é absurdamente detalhado, porque o que funciona em um tamanho 49 não funciona em um 61. Portanto, para que você tenha a pedalada perfeita, cada quadro tem um layup único, com folhas em quantidade e orientação diferentes em áreas específicas, e às vezes, até mesmo tipos de carbono e grossuras diferentes, também. Abaixo você pode ver apenas alguns dos lugares onde esta magia negra é aplicada:

Aerodinâmica é Tudo

40 quilômetros, 45 segundos mais rápido

Aerodinâmica é Tudo

40 quilômetros, 45 segundos mais rápido

Aerodinâmica é a coisa mais importante que podemos fazer para que você vá mais rápido, e passamos seis meses a adicionando em todos os lugares possíveis. Se percebêssemos que mais aerodinâmica estava tirando aquele feeling incrível da Tarmac, nós a tirávamos. Agora, você tem o melhor dos dois mundos - a Tarmac que sempre quisemos construir, e tão aerodinâmica quanto a primeira Venge.

Teoria Aerodinâmica

O desenvolvimento aerodinâmico da Tarmac foi um processo de seis meses, mas o conhecimento de mais de seis anos, os dados de incontáveis projetos aerodinâmicos, testes no mundo real e computação de fluidos dinâmicos foram usados para o desenvolvimento da Tarmac. Por fim, descobrimos três áreas onde poderíamos adicionar aerodinâmica gratuitamente - com um novo formato de garfo, rabeiras superiores rebaixadas com tubos aerodinâmicos e um canote em formato “d”. O resultado? Uma bike aproximadamente 45 segundos mais rápida ao longo de 40km em comparação com outras bikes leves na mesma categoria de peso.
Este sim é um garfo escorregadio
Seu garfo é a primeira parte do quadro a enfrentar o vento - nos certificamos de fazê-lo escorregadio. Para isso, precisamos fazer o garfo ajustado aerodinamicamente em três tamanhos diferentes, cada um com seu ajuste individual. Então, sim, você notará três tamanhos diferentes a olho nu, mas todos minimizam o perfil frontal o máximo possível, especialmente ao considerar a altura menor da coroa.
O Tubo Inferior
Se você está falando de responsividade, há boas chances de estar se referindo aos tubos inferiores. Eles são um dos contribuidores fundamentais da pilotagem precisa da Tarmac, e o equilíbrio entre otimização aerodinâmica e pilotagem é delicado - mas nós o dominamos. Dê uma olhada e você perceberá que criamos uma bela transição da extremidade do tubo inferior até uma traseira relativamente plana. Este formato corta o vento ao mesmo tempo que protege as garrafas do fluxo de ar, então você obtém grandes benefícios de aerodinâmica sem sacrificar nada em questão de pilotagem ou rigidez.
Nem todos os tubos de selim são iguais
Você não vai sacrificar conforto, e nós não vamos sacrificar aerodinâmica. Este é o tipo de impasse que gostamos. Felizmente, eu e você saímos vencedores nesta jogada com um novo canote em formado de “D”. Este novo design tem um melhor desempenho aerodinâmico e também tem uma sensação incrível. Aqui há também uma flexão trabalhando, com um layup progressivo de carbono que fica mais rígido mais abaixo no tubo. Isso significa que você tem flexão e força exatamente onde precisa, conseguindo uma mistura de suavidade e aerodinâmica que antes era impossível.
Deixe cair
Só porque estamos no ramo de nos esconder do vento, não significa que somos covardes. Significa que somos espertos. Anos atrás, aprendemos com a Shiv TT que rabeiras caídas escondem o tubo do vento sem custos à rigidez, conforto ou responsividade. Desde então, fizemos isso com praticamente todas as bikes de estrada que fizemos, e agora você também encontra isto aqui, na Tarmac.

Aerodinâmica Ainda é Tudo

Aerodinâmica Ainda é Tudo

Se nosso nome não fosse Specialized, ficaríamos tranquilos em pendurar o nosso chapéu na Tarmac, tendo ela como nossa única opção aerodinâmica. Ainda bem que nossos engenheiros tomam café de graça.

article-image

Todo o Poder de Frenagem

Freios a Disco

Opções - queremos que você as tenha. É por isso que fizemos a Tarmac com freio a disco e freio de aro. Não importa qual a sua preferência, temos uma opção para você. E, melhor ainda, as duas versões são igualmente aerodinâmicas, velozes e possuem a mesma pilotagem, então sua escolha pode basear somente em sua preferência.

Não importa qual seja o seu nível ou experiência na bike, não há melhor maneira de melhorar o seu treinamento e desempenho do que pedalando com um medidor de potência. Para sua sorte, combinamos nosso pedivela S-Works Road de fibra de carbono com medidores de potência nos dois lados. É o medidor de potência mais leve (440g/172.5mm) e mais preciso do mercado, e é exclusivo para a Tarmac S-Works. Os medidores em cada pedivela não só medem a força que você está produzindo, mas também mostram quanta força você produz em cada perna. E além das métricas separadas por pernas, ele lhe dá uma compensação de temperatura, resultando nas medições mais precisas em qualquer situação.(+/-1%).